Notícias

A dura espera dos moradores da Indiana

A luta pela moradia digna sempre mobilizou a população do Rio de Janeiro residente nas comunidades populares e em áreas de risco. A criação do Programa Minha Casa Minha Vida trouxe a essas famílias a esperança de conseguir a casa própria, apesar de problemas como o fato de a maioria dos conjuntos ficarem distantes dos locais de trabalho e dos bairros de origem. Por isso, a mudança para o Morar Carioca, condomínio ao lado da estação Triagem do metrô, com 2.250 apartamentos, foi duplamente comemorada por moradores do Borel, Turano, Formiga, Indiana, comunidades que integram a Grande Tijuca, a menos de dois quilômetros de distância. O conjunto, destinado prioritariamente a famílias que viviam em área de risco ou foram removidas por causa das obras para a Copa e Olimpíadas, ainda não está totalmente ocupado. E mesmo com os problemas vividos pelos transferidos, o balanço feito pelas famílias é positivo. Mães contam que, após a mudança, filhos que sempre tiveram problemas alérgicos estão quase curados. Mas existe um grupo de pessoas que há três anos espera pela mudança. São 80 famílias da Comunidade da Indiana que aceitaram a proposta da Prefeitura do Rio, de transferi-las da área de risco para o conjunto habitacional. A polêmica começou em janeiro de 2011, quando o processo de transferência, com a demolição de casas, foi criticado pelo Núcleo de Terras da Defensoria Pública do Estado, que obteve na Justiça uma liminar suspendendo as demolições. A Prefeitura decidiu, então, suspender a transferência. O resultado é que as 80 famílias vivem em permanente estado de tensão e espera, apesar de já terem a documentação aprovada. Em... ler mais

Imposto de Renda: rico tem que pagar mais

A tabela atual do Imposto de Renda é composta de cinco faixas. Quem ganha até R$ 1.903,98 por mês não tem nenhum desconto. Na faixa mais alta, com salário acima de R$ 4.664,68 mensais, o desconto é de 27,5%. Esse mesmo percentual vale para quem ganha R$ 50 mil, R$ 100 mil, R$ 200 mil por mês. É justo? Não, não é. Por isso, uma das principais reivindicações dos trabalhadores assalariados é a correção anual da tabela do Imposto de Renda pelo índice da inflação. Leia mais acessando o jornal Direito de Opinião no link... ler mais

Sonegação rouba R$ 19 bi dos cofres públicos

Este valor, apurado pela Operação Zelotes da Polícia Federal,  é três vezes maior que o investigado na Operação Lava Jato. PF diz que é a maior fraude tributária do país. A mídia esconde. Por quê? Leia mais acessando o jornal Direito de Opinião no link... ler mais

Direito de Opinião nº 1

A partir do dia 10 de junho começa a circular o nº 1 do Direito de Opinião, jornal tabloide criado para dar vez e voz à esquerda, cada vez mais boicotada pelos veículos de comunicação tradicionais. O lançamento do jornal foi um sucesso, com a presença de mais de uma centena de militantes dos movimentos sociais. A nova edição traz uma entrevista com o prof. Nilson Lage, doutor em Comunicação, que analisa a postura da mídia. Traz também artigo do presidente da FUP (Federação Única dos Petroleiros), José Maria; e matérias sobre a Operação Zelotes e o ajuste fiscal. As duas edições do Direito de Opinião terão uma versão virtual que poderá ser acessada, em breve, aqui pelo... ler mais

Direito de Opinião

pdf  | flip

jornal_direito_de_opiniao_17

Salvar

Ler edição atual (nº17)

Direito de Opinião, edições passadas

Outras edições